Reconhecido nacionalmente como um dos espaços de maior representatividade na cena da cultura hip-hip, o Palco RADIOFUSÃO - Festival Satélite 061 apresenta em sua programação uma variedade de artistas e agitadores culturais de todos os centros e periferias urbanas brasileiras. Território por onde já passaram desde os mais conhecidos nomes da cena black nacional até novidades que hoje despontam Brasil afora.

 

Capitaneado pela talentosa e requisitada DJ e produtora cultural Débora Carvalho, quem assina a curadoria e idealização do Palco desde a sua segunda edição, o RADIOFUSÃO atrai um número cada vez maior de fãs, produtores e artistas das artes urbanas, em suas mais variadas vertentes. Para Debora, o sucesso do palco está em “valorizar uma gama de artistas que muitas vezes não têm visibilidade, trazer novidades, criar a oportunidade de Brasília conhecer muito além do que as grandes festas e Festivais tem o hábito de trazer”. 

 

Envolto e sob a guarda da cultura hip-hop, como eixo central do RADIOFUSÃO, a música pode se mostrar como a força mais presente, porém, Débora estampa sua criatividade como artista e expõe, por meio de sua curadoria ímpar, a participação “expressiva da dança, a diversidade do público, o valor cultural vindo das periferias do DF que invade e ocupa o centro de Brasília”, comenta, e, para esta edição, “estamos trazendo a poesia para a cena”.

 

  • Facebook - Black Circle

O Projeto Conexões Urbanas - Impressões Femininas na Cultura de Rua, traz em sua raiz o diferencial de ser executado por mulheres negras, que por anos foram invisibilizadas pelas posturas de uma sociedade machista e retrograda, fazendo assim que suas criações artísticas e suas manifestações não fossem vistas e muito menos respeitadas, por terem encarado profissões prioritariamente exercidas por homens, as mulheres que aqui apresentam esse projeto, transformam direta e indiretamente vários olhares e vidas de outras mulheres que se espelham em suas carreiras.

Além de trabalharmos a formação profissional e social, também trabalhamos a formação do indivíduo, transformando-o em sujeito de suas ações e mudanças. A promoção do acesso democrático à cultura, como um fator essencial para a inclusão social; formação de público e valorização da Arte Urbana como fator transformador no caminho de jovens negros, criando assim uma oferta democrática de atividades de cultura e lazer para os adolescentes do Distrito Federal.

 

A demonstração e a troca dos processos artísticos desenvolvidos por mulheres com grande respeitabilidade nas artes urbanas do Distrito Federal, a promoção e a divulgação dos direitos e deveres da profissional feminina negra no desenvolvimento cultural, econômico e social de suas comunidades.

 

O projeto é desenvolvido por profissionais de vasta experiência na formação de jovens e com históricos de reconhecimento em vários estados do Brasil. O desenvolvimento a partir de workshops e oficinas, podendo demonstrar que as profissões da arte podem ser um caminho a ser seguido por jovens que já tem em suas vidas, estar em contato e ensinamento direto com esses jovens tornará suas realidades de mudança possíveis.

   

Ao final é realizado um evento de grande porte que preza pela valorização das tendências musicais contemporâneas e da arte urbana, dinamizando o fluxo de visitantes e gerando ganho de novos apreciadores. Diversificando assim a oferta de atividades turísticas/culturais e os locais de visitação na cidade, enriquecendo o calendário de eventos locais. Visando potencializar as ações do projeto.

 

O projeto Conexões Urbanas- Impressões Femininas na Cultura de Rua tem no caráter de gratuidade o seu grande mérito, pois isto representa a democratização de uma manifestação cultural abrangente como a música, o grafite, o break e o hip hop.    

  • Facebook - Black Circle

O projeto Boom Bap nasceu em 2016 na cidade do DF através da  Dj Donna, importante Dj da cena da musica negra que tem larga experiencia em projetos de curadoria e produção de festas e eventos junto com DJ Janna. A Boom Bap é um projeto voltado para as crews de dança e aos amantes da dança, para encontros e  troca de  experiências e para quem deseja se divertir com boa música negra mundial. Contamos sempre  com participação e apoio de diversas crews de dança. Os estilos passeiam do Hip Hop, Ragga, Breakdance, Full House e Afro House. É som pra ninguém ficar parado. 

 

O nome Boom Bap veio pelo estilo de produção musical no Hip Hop e o termo foi popularizado pelo álbum Return of the Boom Bap,por KRS-One.

Acreditamos que a dança influencia da forma mais ampla nossos jovens, tanto pelo lado físico, agregando uma saúde melhor, quanto como ocupação de forma educativa, queremos promover um intercâmbio entre alunos de academias, dançarinos de rua e amantes da dança. Por vários projetos e eventos da cidade em que tocamos, percebemos uma falta tanto musical quanto de espaço para este público específico.

  • Facebook - Black Circle

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA DJ DONNA. CRIADO POR AGENCIA KABE.

  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black SoundCloud Icon